Segunda-feira, 30 de Junho de 2008

Com este calor, não dá!

Continuam pululando por aí seres cheios de sabedoria, tão cheios de certezas e de «eu acho que...», tão cheios deles próprios e da magnífica ideia que querem dar de si, que é bem provável que um dia destes rebentem numa nuvem de pó e que, após o arejamento imprescindível,  se resumam a uma ínfima imagem de vergonha por se recusarem a aceitar a sua condição de meros mortais,  não muito diferentes dos outros todos que eles criticam e aconselham com presunção.

O calor abrasador e repentino que me põe exausta com o mínimo esforço físico (ó pra mais um brinde do Síndrome de Cogan, comum a outras doenças auto-imunes, como a Esclerose Múltipla - oi M.! -, o Lúpus -oi, Lytha do http://diariodeumaborboleta.blogs.sapo.pt/ - e a Doença de Crohn - oi M.! -, para só mencionar as mais conhecidas!) e que , literalmente, me torra os miolos, impede-me de ter pachorra para tão sábios seres que ousam viver a vida dos outros melhor que os ditos, à força de se recusarem a viver as suas próprias! Lamento o tom agressivo, mas realmente a paciência, que nunca foi muita, começa a escassear! Sei há muito que não sou nem um pouco perfeita e embora muitas vezes isso não me agrade, já não é com tanta ligeireza que ouso opinar sobre o que cada um faz (excepção feita aos mais chegados e nem sempre!), pois descubro frequentemente que sou capaz de cometer os mesmíssimos erros.

Vivemos, de facto, numa época em que todos nos achamos com direito a emitir juízos de valor sobre os assuntos mais variados, com a mesma facilidade com que, por enquanto, abrimos a torneira para beber água; como dizia um professor que tive, «Hoje há especialistas em tudo e em coisa nenhuma; vão a qualquer jornal televisivo e dão a opinião sobre tudo, ainda que, muitas vezes, comecem por dizer bem, apesar dessa não ser a minha área, penso que.... Então, se não é essa a sua área, para que é que dão uma opinião, não me dirão?». Pois, professor, não sei bem por que razão o fazem, embora desconfie de que realmente são especialistas de «coisa nenhuma», ou melhor, são especialistas em não saber (con)viver consigo próprios!

 

 

 

A CONTAS COM A TREVA

 

Que ninguém diga que nasceu

como nasceu a água, o fogo ou o vento.

Que ninguém diga que pertence

à raiz, à fonte ou ao labirinto das vozes.

Que ninguém fale do que não sabe,

sob pena de errar e de mentir

para além do limite do que é tolerável.

Só de cima de um ramo alto e verde

se pode perceber a extensão do rio,

a imensidão da planície, a tentação do longe

desafiando os poderes da visão.

Um pássaro não pertence ao céu,

nem o poema  a um poeta.

Tudo é mais complexo e desnorteante,

podendo a simplificação conduzir

à loucura ou mesmo à morte.

Passa a água por onde passa a luz da estrela,

por onde passa o sulco de um amor antigo,

a dor de uma ferida que o tempo não sarou.

A morte é sempre atrás das janelas

que se pressente e se vigia, como um peixe

agonizando na solidão circular de um aquário.

Esta noite está morna e húmida

como um corpo depois da entrega total,

e essa é a única maneira que tem

de esconder a miséria de estar só,

a contas com a treva, no meio do universo.

 

José Jorge Letria, O Livro Branco da Melancolia

 

 

 

Rabiscado por... misal às 20:43
link do post | «Li e penso de que...» | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2008

Desabafo...

A propósito daqueles «poços de sabedoria» que sabem sempre mais e melhor que os outros e que estão sempre prontos a crit...

Ler artigo
Domingo, 28 de Outubro de 2007

Olhar e ver...

Surpreender-se é Começar a Entender Surpreender-se, estranhar, é começar a entender. É o desporto e o luxo específi...

Ler artigo

Nada sobre mim

Procurar agulha em palheiro...

 

Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Posts recentes

Com este calor, não dá!

Desabafo...

Olhar e ver...

Baú de memórias...

Abril 2014

Dezembro 2011

Novembro 2011

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

tags

todas as tags

A escaldar...

Abraço

Dia Mundial da Música I

«Porque a deficiência não...

Ver, rever e (con)viver.....

Coganitos...

Hoje é o dia!

Momentos perfeitos

Tesouros...

Da voz das coisas

links

Estou no Blog.com.pt PT Bloggers a directoria de blogs Portugueses

Bisitas

blogaqui?

Ecos

Bisitas onlaine

online

Lugares dos sons

ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more