Quarta-feira, 30 de Janeiro de 2008

Desabafo...

A propósito daqueles «poços de sabedoria» que sabem sempre mais e melhor que os outros e que estão sempre prontos a criticar o que os outros dizem e fazem, sem reconhecerem os próprios erros, lembrei-me desta frase que encontrei há alguns anos, já não sei onde: «aprendi que um homem só tem o direito de olhar para outro de cima para baixo para ajudá-lo a levantar-se.» (Rui Osório).

 

Caramba, todos erramos, ninguém sabe tudo e a vida, conforme passa por nós (ou nós por ela) vai-se encarregando de mostrar que o mundo não é a preto e branco; parece que à medida que avançamos (eufemismo para envelhecemos, palavra que não me apetecia escrever, embora seja verdadeira!) as certeza são cada vez menos e cada vez há mais interrogações... ou serei só eu a pensar isto?

 

Para quê, então, passar a vida a olhar para os erros dos outros, sem olhar para dentro de nós, sem ver que somos iguais a todos, no sentido em que há sempre incertezas, falhas, caminhos que seguimos e julgávamos certos e descobrimos depois não serem os melhores? Ou será que é mesmo por esse motivo e por não aceitarem as suas imperfeições que esses «poços de sabedoria» insistem em dizer-nos o que fazer, quando e como?

Rabiscado por... misal às 20:34
link do post | «Li e penso de que...» | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2008

Doença rara, mas...

  SÍNDROME DE COGAN

 

  Pois é, dizem-nos que temos uma doença rara, que em toda a Europa há só umas 200 pessoas com Síndrome de Cogan , uma pessoa começa a habituar-se à ideia de ser um espécime raro , estimado por médicos e técnicos dada a sua importância e eis senão quando, de um dia para o outro, pimba: aparece outro membro neste clube!

  A sério a sério, não fiquei propriamente feliz por ter conhecido outra pessoa a quem foi diagnosticada esta doença no mês passado, porque não é coisa que se deseje a alguém, mas soube-me bem encontrar alguém que percebe aquilo por que passo pois vive situações idênticas. Desta vez fui eu que me esqueci de falar de frente, de modo a deixar que o som fosse na direcção da pessoa e que a boca ficasse bem visível, para facilitar a compreensão do que dizia. Que querem, estava habituada a ser eu a surda e a só falar com pessoas que ouvem bem!

  Também é importante para mim ver que posso ser útil a quem só agora se confrontou com esta doença e passar informações que podem ajudar a viver o dia-a-dia, «dicas» sobre como conviver com Síndrome de Cogan ( o tal «saber de experiências feito», já que quase se passaram dois anos e o corpo vai-nos ensinando!) e, ainda, sobre benefícios fiscais e outros - já que temos a doença, há que usufruir das poucas vantagens existentes. Sobre esta última parte tive a sorte de conhecer alguém no hospital que me orientou e ajudou; sobre as características da doença, embora tenha tido alguns conselhos por parte de médicos e técnicos, não há dúvida que é o tempo que nos ensina quando e como parar, o que devemos ou não fazer. Ainda que a doença se manifeste de forma diferente em cada pessoa, há aspectos comuns e sei bem todas as questões que queremos ver respondidas, todas as emoções que queremos partilhar, todas as dúvidas que temos e que nem sempre contamos aos nossos, para não os ver sofrer.

  Por último, é gratificante ver que médicos tão novos como os que me seguem em duas especialidades se interessam verdadeiramente por uma doença tão pouco conhecida e tentam, com aquilo que aprenderam «comigo» (com o meu caso!), ajudar outras pessoas. É fundamental conhecer as doenças para as poder diagnosticar e aliviar sintomas ou impedir a progressão da doença , e difundir informação para que o conhecimento e a pesquisa avancem.

  Por tudo isto, ainda bem que os holofotes não brilham só sobre mim!

Tou...: acompanhada
Rabiscado por... misal às 18:55
link do post | «Li e penso de que...» | Adicionar aos favoritos

Nada sobre mim

Procurar agulha em palheiro...

 

Abril 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Posts recentes

...

DE LUZ E DE SAL

Abraço

Sábado, 24 de Abril, Sant...

Dia das Doenças Raras

Vencer, apesar do medo...

O hoje e o agora...

E bom Natal!!!!!!!!!!!!!

Desistir...

Ousar ser diferente

Baú de memórias...

Abril 2014

Dezembro 2011

Novembro 2011

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

tags

todas as tags

A escaldar...

Abraço

Dia Mundial da Música I

«Porque a deficiência não...

Ver, rever e (con)viver.....

Coganitos...

Hoje é o dia!

Momentos perfeitos

Tesouros...

Da voz das coisas

links

Estou no Blog.com.pt PT Bloggers a directoria de blogs Portugueses

Bisitas

blogaqui?

Ecos

Bisitas onlaine

online

Lugares dos sons

ImageChef.com - Custom comment codes for MySpace, Hi5, Friendster and more